25 novembro 2016

Ciclos da Evolução Humana







Cansa  “Ler “repetidas mensagens com datas recentes, quando atentamente sabemos que as mesmas já foram escritas por volta  do tão anunciado  2012 e á qual nada significativo e surreal aconteceu. Cansa “ver” repetidas vezes mensagens catastrófico passarem diante dos leitores impressionando-os sobre os efeitos devastadores a qual  a própria natureza e muito naturalmente se encarrega das limpezas e transformações necessárias do planeta e da humanidade.


“A natureza nunca dá Saltos”.  Disso já sabemos , onde está a novidade?!...  Muitos de  vos ainda estão  à espera de algo mais catástrofico, como se já não bastasse o devaste que a natureza vem fazendo ciclicamente, só que agora com mais intensidade, devido a energia acelerada do planeta, pois as vibrações estão mais elevadas.  Até entrar na quinta dimensão muitos ciclos ainda virão... Então vamos,   vamos analizar essas mensagens fazer uma introspecção e tirar daí algo que efetivamente  desperte o nosso interior sem alaridos e sim para que a natureza desses ciclos sirva de alerta para dar  uma  calibrada no nosso Eu  interno...  A sincronia entre a natureza e o ser humano é o suporte,  o equilíbrio  do planeta  e do universo.


 Ciclos da Evolução da Humanidade




Talvez especialmente entre os trabalhadores da luz, que sabem que a saída da Terra da terceira densidade é iminente, há uma preocupação, porque a turbulência não está diminuindo e, em alguns casos, parece estar aumentando. Queremos colocar suas mentes mais à vontade sobre isso, explicando por que a situação do mundo é o que é, e isso começa com os primórdios.

Queridos, o que você diferencia como ciência e espírito são uma e a mesma coisa. Não pode haver separação, pois a origem e a composição de cada coisa em existência no cosmos inteiro é energia. Esta energia é a pura essência do amor-luz do Criador, Ser Supremo do cosmos, Fonte, Tudo O Que É, Totalidade, EU SOU.

Ao mesmo tempo em que cada um de vocês é uma única, independente e inviolável alma, na interconexão infinita e eterna do Tudo, cada residente da Terra é um microcosmo do planeta. A Terra é um microcosmo de seu sistema solar, o sistema é um microcosmo da Via Láctea, e sua galáxia é um microcosmo deste universo. Nosso universo é um microcosmo do cosmo, cujo início foi o que vocês chamam de "Big Bang", e a partir desse momento em diante, nenhuma coisa existe só em si mesmo, e qualquer coisa que acontece em qualquer lugar afeta tudo, em toda parte.

Pelas últimas décadas a Terra tem estado no centro do palco neste universo por causa da rapidez sem precedentes e extensão das mudanças no planeta, que são atribuídos à ciência, e em seus povos, que são atribuídos ao espírito. No entanto, todas as mudanças em curso na Terra e dentro de vocês foram postas em movimento alguns 70 anos atrás, quando vocês deram à energia nova direção, por assim dizer.

A energia é neutra, mas fluxos de energia podem ser direcionados pelas suas ligações com formas de pensamento. As formas são de fato substâncias, embora invisíveis para a sua visão, e elas são criadas por cada pensamento, sentimento e ação de toda a vida na existência. Assim, as ligações são positivas ou negativas em natureza, e este universo está fervilhando de ambas.

O mais próximo que alguém esteja de qualquer movimento de energia, mais profundamente ele é afetado. Porque o planeta terra  está inundado com componentes negativos da dualidade - medo, guerra, discórdia, ira, ganância, mentira, corrupção, pobreza e violência aleatória - você está no epicentro do balanço e tremor dinâmico.

Não apenas essas ligações de fluxo negativo estão sendo geradas ai, elas estão emanando dai. Pela física que rege a vida neste universo, a energia gerada em qualquer lugar vai para o espaço, atrai e liga-se à mais próxima energia semelhante e, como um bumerangue, retorna com aquele reforço. Porque fluxos da Terra no final da dualidade negativa estão sendo enviados em abundância, eles estão atraindo e trazendo de volta exatamente o que eles mandaram para fora. Esta lei imutável da atração é o por que o seu mundo ainda está mergulhado em turbulência.

Por isso  concentrem-se  no que vocês querem nas suas vidas e seu mundo! Os muitos que estão preocupados com o pensamento sobre o que eles não querem e sua ansiedade, desânimo, tristeza, raiva e impaciência sobre essas situações estão a criar mais deles em suas vidas pessoais e no mundo. Esses tipos de pensamentos e sentimentos estão repletos de negatividade, que prolongam as situações que eles queriam terminadas!

A única maneira de impedir este carrossel é com amor, a força mais poderosa do cosmos. Amor - a mesma energia como luz, apenas expressada de forma diferente - é o que seres de luz ao longo deste universo tem estado radiando com intensidade para a Terra por mais de sete décadas. A infusão inicial de luz salvou a vida dela, e deu-lhe a força que ela precisava para se soltar da terceira densidade profunda e iniciar seu curso de ascensão.

Com aquela infusão de luz, a Terra tinha mais a oferecer a todos os seus moradores, o microcosmo de seu Ser e seus povos que abriram seus corações e mentes recebeu e gerou sua própria luz, sua própria força de vida, mais abundantemente. Regozijamo-nos com e para cada um deles! Não apenas as suas vidas foram erguidas em iluminação espiritual e consciência, mas sua resposta criou fluxos positivos de energia que beneficiaram ainda mais a Terra e suas outras almas receptivas.

Porque nós amamos cada alma em seu mundo, é triste para nós que algumas ainda estejam recusando a luz que iria substituir seu medo e angústia com a cura e alegria. Enquanto os escuros estiveram no controle deste mundo  eles se sentiram poderosos. Quando seu controle começou a erodir alguns anos atrás, o medo se instalou. Por agora, os Illuminati estão desesperados enquanto seus últimos poucos restos esfarrapados de influência - a mídia e segmentos das forças militares e da economia - estão desaparecendo. Governantes tirânicos também estão governando com medo, porque os seus homólogos de alguns outros países foram derrubados pelos cidadãos. E muitos milhões vivem no medo por causa das atividades desses entes escuros.

O medo é uma emoção amplificada que irradia a mais potente negatividade. Embora aquilo que é gerado na Terra tenha efeitos universalmente, como dissemos, ela afeta mais profundamente toda a vida no planeta. Pense quantas vezes temos enfatizado a importância de enviar luz para os elos mais fracos na nossa família de cadeia de almas, aquelas que se tornaram cativas da escuridão.

A lei do livre arbítrio do Criador lhes dá o direito de negarem-se a luz, mas não podem parar a sua contundência cósmica. O curso da ascensão da Terra chegou a um nível vibratório de intensivos surtos de energia e aqueles estão bloqueando o caminho das correntes de energia com negatividade tempestuosa. Uma vez que esses fluxos não podem dar a volta nem avançar para a quarta densidade, eles estão sendo obrigados a gastar-se rápido e furiosamente.

Isso explica o tumultuo que você está vendo, e nos apressamos em assegurar-lhe, o choque atual não terminará de forma explosiva! A luz da nossa família universal combinada com a sua própria é muito mais poderosa do que a negatividade girando em torno do planeta! E, um claro sinal de que a Terra está prudentemente manipulando isto que é, muito menos mortes e muito menos danos materiais resultaram recentemente de terremotos, seu principal modo de liberação de negatividade, do que antigamente.

O  propósito destas  mensagens é o de esclarecer, incentivar e oferecer orientação espiritual durante este tempo sem precedentes na história universal. 

Fiquem na paz  e na evolução  do vosso ser, com muito amor.
Math


Canal: protegido
Materia sublime

25 outubro 2016

Ensinamentos Pleiadinos - I e II




ENSINAMENTOS PLEIADIANOS (Parte 1)

Você acha que é de carne e osso quando na realidade você é uma combinação de sinais eletromagnéticos inteligentes.

A evolução que você está passando agora envolve o processo de construção e integração de um Corpo de Luz. O Corpo de Luz deve ser afinado (balanceado), exercitado, e estendido para trazê-lo suavemente em sua própria consciência. A Clareza sobre quem você pretende ser em sua realidade, é uma das chaves principais na construção do seu Corpo de Luz.

O Corpo de Luz sabe que ele cria através do pensamento, e conecta-o ao tecido da criação. Através de seu Corpo de Luz, linhas do tempo/cronogramas abrem-se, acessando multicamadas de dramas, e os seus desafios de reunir força enquanto você enfrenta um território aparentemente não mapeado, mas familiar. Você está conectado a toda a existência e seu salto evolutivo é dar sentido a essa nova consciência e colocá-la em uso em seu agora.

Tenham certeza, queridos amigos, que uma Ordem Superior e Propósito existe. Sua tarefa é traduzir o seu Propósito em seu corpo e para a Terra. Este Propósito ativa uma reordenação em muitas camadas de existência - todas compartilhando o mesmo agora. O fundamental para explorar vários aspectos da realidade está no componente essencial de você tomar um olhar mais profundo em seu veículo - seu (Corpo Fisico)

O Corpo de Luz mantém a Essência da sua identidade multidimensional, que é acessível a você através de seu desejo de se unir com a mais elevada identidade você sente que você tem.

O Corpo de Luz será capaz de conciliar realidades através da mudança de sua Intenção Consciente de uma visão para outra, como transformar os canais de televisão.

O Corpo de Luz contém dados codificados.

Ele traduz comunicações corporais de mundos e realidades através de seu corpo físico para você. Sua tarefa é observar as sutilezas e sincronicidades que sinalizam você. Para compreender a si mesmo, imagine um ser de várias camadas, cada parte tendo um corpo distinto que respira e está ligado aos outros.

Você é um ser físico, mental, emocional, espiritual, ligados por um Corpo de Luz que irradia energia e faz a conexão, numa progressão infinita, com Seres de Luz.

A matéria é simplesmente Luz que está capsulada/retida. Ao você construir seu Corpo de Luz, uma reorganização da sua estrutura molecular ocorre, afrouxando sua pressão sobre o materialismo, a fim de que uma compreensão espiritual possa orientar a sua vida do dia-a-dia.

É somente através de espírito que você pode ganhar uma compreensão do que está acontecendo no seu mundo. A construção do seu Corpo de Luz permite uma forma menos tensa de amalgamar-se com uma Luz e tornar-se você.

Isto oferece-lhe a expressão mais livre e permite que você procure a sua fonte.

Você vai literalmente ver mudanças em seu corpo. Vai tornar-se mais vital, mais bonito, mais forte e mais capaz de desempenhar situações. Vai tornar-se o processador de múltiplas de informações.

Você deve ser capaz de operar com uma corrente elétrica maior dentro do seu corpo. Isto acabará por trazer soluções para todos os crescentes desafios que enfrenta.

O aumento da energia dentro de si mesmo irá ativar talentos escondidos e provocar um renascimento de habilidades psíquicas: clarividência, clariaudiência, telepatia e consciência perceptiva que envolve o "Saber" muito além do que atualmente você possa considerar.

Quando a corrente elétrica é fundida com o seu corpo, um desvio é criado em torno das estruturas tradicionais que moldam você para comunicar e trocar dados apenas dentro de padrões limitados. Você está para subir uma escada e experimentar uma visão diferente a partir da qual interpreta a realidade.

No próximo número de anos, todos, incluindo as crianças, bebês e idosos, serão afetados por esta corrente elétrica. Um dos benefícios disso é que pode trazer um rejuvenescimento do seu corpo físico, ajudando a curar quaisquer separações que continuam a transportar.

Quanto mais você entender e viver o conceito de criar vida através do pensamento, mais livre você se torna, a impotência para o stress da vida é eliminada. Mantenha a sua visão e permita que o seu Corpo de Luz adicione um Propósito significativo a tudo o que você faz.

Para se preparar para esta energia, sente-se calmamente, feche os olhos, imagine o seu corpo cheio de Luz, e imagine a Luz piscando e limpando suas células. Em seguida, peça a todas as partes do seu corpo para trabalhar em conjunto em suas formas idealizadas/projetadas.

Se o seu corpo trabalha em conjunto dentro de si mesmo, então é muito mais fácil para você, como um indivíduo, trabalhar com os outros fora de si mesmo. Aqueles que estão doentes no interior, muitas vezes não funcionam muito bem fora.

Atenda aos mecanismos internos de seu corpo, visualizando o que você quer.





ENSINAMENTOS PLEIADIANOS (Parte 2)

Seu corpo físico existe como um dispositivo de frequência. Você acha que você é de carne e osso quando na realidade você é uma combinação de sinais eletromagnéticos inteligentes. Você traduz esses sinais como vida significativa através de um corpo físico ao comer, experimentar, usar os seus sentidos, fazendo sexo - todos esses tipos de coisas.

Isto é como você interpreta o significado dos seus sinais eletromagnéticos, que são na verdade experimentados por você como impulsos.

Do lado de fora do seu sistema, você pode ser visto de várias maneiras. Alguns seres interpretam você apenas como uma frequência, um acervo de inteligência emitindo dados e certas frequências baseadas em emoções. Outros usam as frequências psíquicas / emocionais que emitem para muitas coisas.

Tanto quanto a frequência dourada é usada para transformar sua consciência e água para lavar-se ou matar a sua sede, a frequência de seres humanos tem efeitos incalculáveis, como você está descobrindo agora.

Dentro de seu corpo encontra-se uma força de poder chamada Kundalini, uma energia de serpente que habita na base de sua espinha. Reconhecer e chamar essa força à frente facilita a fusão e agrupamento de seu Corpo de Luz. Esta força também ajuda a manter a sua estabilidade e ancoramento com o aumento das mudanças eletromagnéticas.

Tradicionalmente, a Kundalini desenrola-se e eletrifica seu corpo ao redor dos 40 anos de idade. A essa altura, você é considerado maduro o suficiente para abrigar esse tipo de poder. Para a maioria das pessoas, o poder é tão profundo que entram em decadência e envelhecem, em vez de rejuvenescer e colocar em uso a grande força elétrica criativa

Quando você tem uma experiência de Kundalini, pode sentir como uma intensa concentração de energia na área do sacro, na base da sua coluna. Às vezes, quando as pessoas experimentam a Kundalini, se sentem como querer ter relações sexuais, porque eles não sabem o que fazer com toda a Energia subindo.

O planeta inteiro está bloqueado em usar sua Kundalin - só para se reproduzir.

As pessoas não entendem que a Kundalini pode mover-se através do corpo e para dentro, e ao redor da cabeça. Se você permitir que ela faça isso, fornecerá uma nova interpretação de si mesmo. Você vai entender que todas as suas criações, curas, manifestações - tudo - vêm da autêntica Fonte da Deusa no interior de si mesmo.

A humanidade tem uma resistência à mudança, crescimento e a encontrar novos dados. Muito da resistência, é claro, não é natural. Ela foi programada para fazer você temer e considerar algo novo, para alcançar e desobedecer os deuses, ou tornar-se seus iguais.

Quando a humanidade busca o conhecimento, a humanidade torna-se informada e chega mais perto do que seria chamada a Deusa.

Você permanece recriando o passado, relembrando-o em nostalgia e paralisado na liberdade de ir e vir; e replicando de forma contínua. De onde tira suas instruções? Elas são fornecidas pelo seu sistema da matrix e de crença, e pelos padrões de energia que você carrega sobre a realidade.

Você ao alterar esses padrões, expandindo seus conceitos, sua estrutura molecular seguirá. Cada um de vocês tem o potencial para ter o corpo que quer. Você pode regenerar as células do seu ser por remapeamento delas - enviando-lhes um plano diferente ou rota alternativa. Ao você fazer isso, seu corpo e experiência seguirão o mesmo caminho.

Cada um de vocês tem uma vitalidade natural em seu corpo. Você foi influenciado por pessoas que você respeita e com quem acredita que são legítimas, aceitando ideias terríveis e negativas. Talvez um indivíduo teve uma experiência ruim e ele interpreta e cria a imagem que funciona para todos os outros.

Isso costumava ser o que você teria que aprender em muitas instruções, e preparar o seu corpo por anos, antes que pudesse experimentar com sucesso a energia Kundalini. Foi, aliás, raro o indivíduo que foi capaz de acessar a Kundalini, por uma série de razões. A Terra foi rodeada por uma barreira de controle de frequência.

Enquanto a Kundalini sobe pelo corpo, encontra as Forças Cósmicas que vêm de fora do corpo e o corpo torna-se vivo e energizado. É como puxar um Pilar De Luz para dentro do corpo.

Aqueles que o mantiveram, a partir do conhecimento, tiveram seus limites transpassados e a barreira do controle de frequência em torno do planeta tornou-se como um queijo suíço. Em outras palavras, existem buracos e outras formas de Luz que podem agora chegar.

Assim como a Energia Cósmica entra no Plano da Terra, há milhões de vocês que agora estão aumentando as oportunidades de reinterpretar o que a Kundalini pode fazer. É a Força de suas vidas, e você pulsa com ela. Usada em conformidade, trará um enorme número de soluções.

Esta Energia conecta a uma Fonte Cósmica e unifica-o com um Propósito maior e compreensão do que você pode fazer com ele.

Esta Energia pode ser utilizada para curar, quando se acumula em suas mãos, você tem as mãos de um curandeiro. Muitos de vocês ficariam muito surpresos, se você espiou alguns anos em seu próprio futuro, e viu o Chamado inesperado, incluindo o que você vai ser capaz de fazer com a Energia que sai de suas mãos.

Há pessoas agora que são capazes de manter suas mãos e fazer chamas em papel.

Esta Energia nas mãos vai ampliar em cada uma das suas vidas. Você pode usá-la para purificar alimentos, curar, limpar os oceanos e despoluir os rios e terras. Você será capaz de transmutar a poluição tóxica que está em toda parte em torno de seu planeta.

A capacidade de fazer essas coisas vai acontecer por aqueles que estão dispostos a acreditar.

Ao acreditar e praticar e buscar, você será recompensado. Então você vai mostrar aos outros.

Estes são presentes que vão fazer a diferença na mudança em direção à cooperação em massa numa escala planetária. Portanto, você vai trabalhar nessas habilidades como um Coletivo. Os não inspirados e os doentes também podem aprender a ativar essa Energia em si mesmos e dirigi-la em seus próprios corpos.


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Tradução Vilma Capuano - vilmacapuano@yahoo.com.br

https://newsununity.com/2016/10/19/pleiadian-teachings-part-1/

https://newsununity.com/2016/10/20/pleiadian-teachings-part-2/





Mesclando Dimensões e Linhas do Tempo



17/10/2016

Enquanto estamos começando a experimentar mais e mais facetas do nosso Ser MultiDimensional através da Consciência do Cristo Solar, nós permanecemos em um ciclo de revelações que aumenta através da genética do nosso Ser imortal.

Imortalidade agora torna-se uma grande parte da nossa consciência e percepção, porque enraíza-se no nosso DNA. E esta parte do DNA – que tem sido chamado DNA - lixo pelos nossos cientistas – é realmente o Despertar e ativação de experiências multidimensionais e conscientização.

As Linhas de Tempo, como nós conhecemos, estão misturando-se neste momento de experiência do Agora, onde tudo permanece como Um no mesmo espaço e momentum.

Você só escolhe onde coloca o seu foco, e estarmos conscientes disso é o que temos feito há muito tempo.  Ser consciente em nos concentrarmos e mudar e liberar tudo, movendo-nos através de todas as Linhas de Tempo que criamos para nós mesmos para experimentar o que somos e permanecermos como uma consciência.

Quanto mais você se torna ciente e consciente de TODO o seu EU, mais você experimenta a MultiDimensionalidade.

ONDA DO CÓDIGO FONTE DA MATÉRIA

A Equipe explicou-me que há uma Onda de energia de Código Fonte atualmente entrando no nosso Sistema Solar, bem como no Campo Magnético da Terra. A grade da Terra é carregada com energia de super circuitos carregados que estão se misturando com o Código Fonte entrante.

Eles tocam e afetam todos os Campos Magnéticos em torno do corpo + matéria. Eles entram e viajam através do núcleo de todas as coisas e toda a vida. Isto se aplica ao nosso próprio DNA, bem como dentro da matéria.

Eu vou compartilhar informação que foi transmitida através de mim no início deste ano e vou acrescentar mais algumas dos Tsolians e Mestre Merlin sobre isto; como Eles explicam o que é isso, para que você possa compreender os efeitos e reconhecê-los no seu próprio fluir da realidade e do nosso mundo.

Ela parece como uma Onda gigantesca de certas energias que são maiores do que podemos compreender, mas definitivamente se sente. Ela se consolida em nosso ser e no núcleo de todas as coisas, sim, mesmo em coisas, e não apenas nos seres. Então, isso nos leva à questão da Matéria! Tudo o que faz parte da estrutura da matéria é afetado por ela também.

Os Tsolians explicaram-me que o que está a atingir agora o nosso Sistema Solar é de vibração equivalente ao Codigo Fonte, manifestando o seu caminho através dos corpos e formas de TODAS as coisas e Seres direto para o Núcleo (âmago).

O que acontece então é que estas vibrações de Código Fonte quebram os códigos atômicos que são como o nosso DNA humano, uma espécie de código DNA para matéria (dispositivos e questões materiais). Estes códigos atômicos armazenam as informações de como algo é constituído e mantido na forma. Isto se aplica a uma cadeira, uma mesa, um carro, um computador, uma casa, tijolos, estruturas e assim por diante ….

Este código atômico que está sendo quebrado e apagado tem a oportunidade de remodelar-se totalmente em uma outra forma/aparência, se houver espaço para isso. Tudo isso acontece a partir do interior do núcleo, emanando para o exterior da matéria, assim como para onde ele irá sofrer alterações na aparência, ou simplesmente dissolver-se se não houver espaço para essa reforma.

1. A matéria comum consiste de átomos unidos pela força eletromagnética para formar moléculas. Estas moléculas se juntam para formar sólidos, líquidos e gases.

O desmoronamento das coisas, mundos e estruturas não é para ser tomado literalmente, explicam os Tsolians. O desmoronamento simboliza o fato dos códigos Atômicos quebrarem mantendo as informações do vasto conteúdo e forma.

Então, o que estamos testemunhando e experimentando agora é a queda final da 3D no nível mais baixo e último da manifestação: o reino físico. Daí tudo isso vai para os níveis e fases que vão gradual, mas fortemente, passo a passo – e tendo em conta os nossos corpos, sistemas nervosos, campos.

Não estou afirmando que o que quero compartilhar com vocês agora é A única verdade e compreensão disso, há muitas, e esta é compartilhada através do meu coração e do corpo.

Se você tomar um olhar mais atento, você deve reconhecer que isso implica o funcionamento de uma potente Fonte de Poder que instiga a elevação da consciência em nosso Planeta e Sistema Solar agora.

Qualquer chance de que a descoberta de um nono planeta em nosso Sistema Solar, a recente descoberta da Super Nova, ou outras revelações de divulgação, seja apenas uma coincidência?! Tudo está interligado com o que está acontecendo no Cosmos, o nosso Universo, Sistema Solar e Planeta: a ASCENSÃO.

Estão sendo divulgadas verdades, novas revelações que são maiores e além de qualquer coisa até agora. Para que estas novas revelações sejam qualificadas e introduzidas precisamos remover todas as nossas convicções antigas, arquivos (apegos) e crenças … o que nos leva de volta para o ruir dos nossos sistemas e experiências em 3D … tudo isso faz parte do que queríamos formado, agora trazemos a graduação para a nossa vibração planetária coletiva no mundo.
Eu sou tão grata por ser uma parte dela e de ser capaz de testemunhar a isso e participar nisso.

Mestre Merlin falou de algo assim acontecendo (Ondas e explosões):

Mestre Merlin - “Há um conjunto de Super Cluster no caminho para a Terra. Este super aglomerado são tecidos de ondas de energias que bombardeiam não só o planeta, mas todo o Sistema Solar. Um termo conhecido como “tsunami” pode definir este evento muito bem. Ele está além de seu controle e nada pode interrompê-lo.

É da natureza e do plano Divino de Gaia entrar em viabilização e assim é o seu, o que você veio fazer e trazer neste momento. Seja o participante consciente nesta matéria para facilitar a sua interação com essa Onda. Tudo é uma questão de se concentrar no interior do coração a respeito de onde estas Ondas vão passar e entrar em seu ser como uma fusão.

Então, seus corpos terão de lidar com essas energias e assim seus sistemas do corpo, seu sistema nervoso e seu DNA. Mudanças, substituições, adaptações e transformação terá lugar em um nível mais tangível, e invisível, antes. “

Trecho de canalização Merlin: A Grande Mudança de 2015-2017 para a Humanidade. 

Os Tsolians também falam dos mesmos problemas na mensagem acima. Eles nomeiam a frequência de Ondas Gama a uma potência de mais de 1.000 estrelas explodindo … Nós não falamos da Super Nova que ocorreu recentemente, este é um outro campo magnético! Imagine o inimaginável!

Mas está presente e aqui. Nós só podemos ir com isso, como diz Merlin, e experimentar o que faz e o que traz para nós.

Mestre Merlin - “Esta é uma grande mudança na consciência que está além da taxa conhecida nos tempos antigos do passado até agora. Isto significa que as muitas guerras que você criou, e experiências como uma consciência coletiva humana, serão finalizadas depois de uma explosão de erupções. 

Estas energias terão que acabar, a fim de sermos libertos. Você não pode calar a criança interior querendo sair, não é ?! É o mesmo com este Despertar em massa e mudança de consciência, ele vai certamente trazer alguns transtornos e erupções maciças em todos os níveis.

Tudo tem que sair! Você não pode mais segurar dentro de você e, assim como toda a gente está em sua própria realidade, muitas Linhas de Tempo vão passar, mudar e se cruzar no horizonte compartilhado que você tem em comum, e que é a Terra, meu amigo!

Assim, o que isso implica é que, dependendo da expansão da consciência de cada homem, mulher e criança na Terra e as escolhas/criações que estão sendo feitas – ondas energéticas maciças estão causando erupções dos muitos únicos fractais que têm dentro de si para serem expostos e divulgados não só para o Self, mas para o mundo inteiro também.

(Isto significa que no nível universal, você é o reflexo do Universo na incorporação !!)

Nós, nos Reinos Etéreos, temos uma visão e visualização da Terra sendo preenchida com erupções maciças, como os vulcões, no entanto, eles estão ligados ao coletivo humano e a Terra também está em erupção de suas energias. 

Será além de seu controle e você vai ter que aprender ir com o fluxo dessas ondas maciças. Estas são as ondas de uma vibração cósmica que têm a tendência de se mover através de qualquer coisa, não podendo ser interrompidas. “

Trecho de canalização Merlin  ~ A Grande Mudança de 2015-2017 para a Humanidade.

Nesse meio tempo, enquanto escrevo este artigo outra descoberta é divulgada para nós sobre uma “invisível” energia gigante entrando em nosso Sistema Solar que está a 3000 anos-luz de distância da Terra.

Faz-me perguntar se isso é o que eu sentia ser a tão grande energia que os Tsolians e Mestre Merlin querem dizer?! Vai saber! Este “pode” está conectado com os últimos relatórios desses altos ruídos indefinidos no céu. Algo está atingindo seriamente a Terra e nosso campo magnético! Isso pode trazer esses ruídos.
(http://pleiadedolphininfos.blogspot.com.br/2016/01/astronomers-dete...)

Agora, neste momento presente de Outubro de 2016, parece que experimentamos a fusão com estas ondas e Código Fonte como todo o nosso sistema e circuito estão passando por uma tremenda mudança.

Podemos sentir isso em nosso cérebro e sistema nervoso, que são mais sensíveis às coisas, nós digerimos cada vez menos facilmente, nós experimentamos surtos elétricos através dos nossos circuitos, dores de cabeça e palpitações cardíacas intensas (até mesmo problemas), uma sensação de queimação nos chakras (especialmente o Plexo Solar), náuseas e perda de memória, ou perda da noção de tempo e hábitos …

Precisamos tomar cuidado extra com o nosso corpo, cura e aterramento, descanso e muita água para facilitar isso tudo. Nós estamos reagrupando/incorporando, reprogramando e reconfigurando, e isso exige muito do nosso corpo e capacidade de Deixar ir …

Estaremos chegando a um ENORME clímax em 26 de dezembro de 2016. 

O início do NOVO e a libertação final do antigo de forma tangível.
Já estamos vendo isso e sentindo pelo coração.
Sintam-se Abençoados e Amados, e (recebam) o meu amor sem fim para os seus corações.
Méline

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
http://www.melinelafont.com/single-post/2016/10/17/Source-Code-Wave-Antimatter—Matter
Universal created gift 2012-2016. www.melinelafont.com

03 maio 2016

O Perdão - 03/05/2016





O Perdão é um conceito geralmente mal compreendido. Muitos de vocês entendem que o perdão é uma ação entre duas pessoas. Este é um grande engano !

O perdão é só seu, e não depende de mais ninguém. É uma das mais belas formas de manifestação do amor, e como todo amor é incondicional.

Perdoar significa transmutar a mágoa em compreensão, livrar-se do passado e se permitir um novo futuro.

Mágoas e ressentimentos lhe prendem ao passado e lhe transformam em uma vítima. Permanecer no passado é negar o seu futuro.

Para perdoar é necessário mergulhar neste passado pela última vez, como um simples observador e olhar a situação como realmente é. Um cenário em que cada ator desempenhou o papel que lhe cabia. Não se fixe nas pessoas, elas foram meros representantes convocados para viver este ato da sua vida. Você veio aqui vivenciar esta experiência e cada um foi convocado para o papel que lhe cabia. Se não fossem eles, seriam outros, mas você veio para viver esta experiência, e nela você é o grande protagonista, o ator principal. Só você importa !

Então, agradeça a eles por terem permitido que vivesse estes momentos. Dentro das necessidades de cada um, eles reuniram-se para formar esta cena, para tornar possível a sua experiência. Não se fixe nas pessoas, cada um tem o seu caminho e veio aqui para viver suas próprias experiências. O Universo escolhe quem vai representar cada papel, tecendo a teia do destino.

Agradeça porque graças a todas as pessoas que fizeram parte deste acontecimento, você teve a chance de passar este momento difícil e aprender.

Para aprender você precisa ser um observador, esqueça as pessoas e os aspectos pessoais de cada um. Você não vai aprender nada tentando julgar os outros nem a você mesmo. Apenas entenda a situação como se estivesse vendo um filme com atores desconhecidos. Os atores não interessam, pois cada um vai seguir a sua própria vida. Entenda que o que lhe impede de compreender completamente a situação é o apego pelos participantes. Você começa a pensar sobre o acontecimento e logo começa a pensar nas pessoas.

Então, para perdoar é necessário antes desapegar-se das pessoas envolvidas. Entenda que somos todos um e estamos todos juntos. Você e a pessoa que lhe magoou são um só, vivendo experiências opostas. Fazem parte da mesma luz divina. Para desapegar e deixar ir é necessário sentir que vocês são um e continuarão assim. Vão apenas afastar-se para participar de outras experiências. É uma parte sua que segue outro caminho. Sinta esta unidade, imagine-se abraçando esta pessoa, fundindo-se e tornando-se uma só alma. Ame profundamente e se despeça. Cada vez que se lembrar dela, lembre com carinho como sendo uma parte sua que está longe, cada vez mais longe em busca de suas próprias experiências.

Ame este seu outro eu que também se emocionou com você em todos estes acontecimentos. Cada um de vocês viveu intensas emoções complementares. Cada um de vocês aprendeu pelos dois lados. Um pode ter sido vítima e ou outro algoz. Mas a vítima também aprendeu a experiência do algoz e não precisará mais cumprir este papel. E o algoz também aprendeu a experiência da vítima e não precisará se tornar vítima. Veja que vocês são um só, vítima e algoz.

Então celebre profundamente este acontecimento e agradeça ao Universo por este aprendizado.

Quando você compreender verdadeiramente a beleza de tudo isto, verá que não há motivos para perdoar, pois não há culpados. O verdadeiro perdão é o agradecimento e a compreensão de que o outro talvez tenha desempenhado o papel mais difícil. É mais confortável ser vítima do que algoz. Então perdoar é orar para que o outro também tenha a mesma compreensão que você está tendo e não se sinta culpado.

Perdoar é amar ao outro e querer vê-lo feliz, é dar-lhe bênçãos e abrir a gaiola do seu coração para que ele voe em liberdade.
E também perdoar a si mesmo, da mesma forma.
É amar a si mesmo e se permitir ser feliz em liberdade.

através de Prama Shanti, em 16/03/2016


21 abril 2016

Quando passamos pelo Deserto





Quando passamos pelo deserto, tudo se intensifica. Os problemas se intensificam e devemos também intensificar as atitudes de fé e a vigilância, pois as palavras de derrota vêm de todos os lados.

Precisamos entender que quando Deus nos permite passar por momentos difíceis, não estamos recebendo uma maldição divina. É apenas uma fase, uma preparação para algo melhor que está chegando. 

Em todo momento, mas especialmente nessas situações-limite, em que nos sentimos sozinhos no deserto e o mal se fantasia de realidade, temos uma escolha muito séria a fazer. Dela depende a nossa vida. Ou escolhemos ouvir a voz deste mundo, a voz das impossibilidades, a voz do medo e a voz das experiências negativas do passado, ou escolhemos ouvir a Voz que nos aconselha:

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo.” Isaías 43.18,19

Isso é espetacular! É tão forte que é preciso degustar aos pouquinhos, para guardar bem firme dentro da gente e absorver todos os nutrientes dessa Palavra:

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas” 

– O ser humano tem tendência de considerar as coisas passadas para avaliar o que está vivendo agora. Se o que aconteceu foi negativo, essa tendência pode criar um trauma que vai interferir em todas as escolhas da pessoa dali para diante. É natural que, diante de um problema que já passamos anteriormente, haja medo de que o resultado negativo se repita. No entanto, Deus é bem claro: todos os traumas, experiências ruins e situações adversas devem ser desconsiderados. Na verdade, é para não se lembrar das coisas passadas e desconsiderar as antigas. Então, até às coisas boas que aconteceram no passado não devemos nos apegar, porque a fé olha para a frente e nunca se acomoda.

“Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz" 

– Esqueça o que passou, o Espírito Santo dá uma notícia fresquinha: Ele está fazendo coisa nova! E se Ele diz para esquecer as coisas passadas, é porque o que Ele está fazendo é muito, muito maior do que o que já aconteceu até agora.

“Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis?”  – Estava saindo à luz, isto é, não estava visível ainda… então por que Ele pergunta se a gente não percebeu? Ele não pergunta se você está sentindo, Ele pergunta se você está percebendo! Como ver o que ainda não é visível? Somente com os olhos da fé. Fé que não tem a ver com religião, mas com a “certeza de coisas que se esperam” e “convicção de fatos que não se veem”. Só assim é possível perceber o que ainda não existe fisicamente, independentemente do que estamos ouvindo, vendo ou sentindo.

“Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo.” – Essa promessa me fez saltar de alegria por dentro (eu saltaria por fora, também, se a gente pudesse simplesmente sair pulando por aí). Mesmo no deserto, temos a garantia de que não estaremos sozinhos, nem morreremos ou passaremos necessidade. Pelo contrário, Ele promete um caminho no deserto e rios no ermo. No lugar mais seco e solitário em que poderíamos estar, Ele promete estar conosco, nos dar direção e suprir nossas necessidades. Um novo universo de possibilidades infinitas se estende à nossa frente. Como poderíamos não perceber?

Quando os problemas vêm, muitos só prestam atenção a eles, ficam dando voltas em torno das impossibilidades e engolindo as palavras negativas que se oferecem. No entanto, a partir do momento em que entregamos nossa vida a Deus, atravessamos a Porta. Deixamos de viver no reino das impossibilidades e passamos a viver em um reino em que tudo é possível, cujo Rei é Criador. Ele está sempre criando. Sempre fazendo coisa nova. E, sabendo disso, esperamos as coisas maravilhosas que Ele, certamente, está criando. Assim, é impossível não perceber que algo extraordinário está para acontecer.

No meio do deserto, no meio da tempestade, podemos nos agarrar a essa Palavra. É um conselho e uma promessa, mas eu tomo o conselho de Deus como uma ordem. É como se Ele dissesse: “esqueça o que passou. Eu estou fazendo uma coisa muito mais legal! Como você não viu? Use a sua fé e olhe aqui”.

Eu sei que sempre passaremos por desertos, sei que os problemas aparecem diariamente. Mas se mantivermos nossos olhos firmes nessa fé, ignorando o passado e qualquer sugestão negativa, nunca deixaremos de perceber as coisas novas que Deus está fazendo. Isso renova nossas forças e nos dá uma paz que ninguém jamais conseguiria compreender. Mas eles não precisam compreender. Espere, logo, logo, vai sair à luz e todo mundo vai ver.

Vanessa Lampert

As 4 Leis do Desapego para a Libertação Emocional - 21/04/2016





É possível que a palavra desapego lhe cause uma sensação de frieza e egoísmo. Nada está mais longe da realidade. A palavra desapego, compreendida dentro do contexto do crescimento pessoal, é um valor interno precioso que todos nós devemos aprender a desenvolver. Praticar o desapego não significa abrir mão de tudo o que é importante para nós, rompendo vínculos afetivos ou relacionamentos pessoais com aqueles que fazem parte do nosso cotidiano.

“Desapego significa saber amar, apreciar e se envolver nos relacionamentos com uma visão mais equilibrada e saudável, libertando-se dos excessos que o prendem”.

Liberação emocional é viver mais honestamente, de acordo com as suas necessidades. Crescer, progredir com conhecimento de causa, sem prejudicar ninguém e não deixando ninguém o limitar.

Conheça abaixo as 4 leis do desapego para a liberação emocional. Vamos praticar?

1 – Lei do desapego: você é responsável por si mesmo

Ninguém pode viver por você. Ninguém pode respirar por você, se oferecer como voluntário para carregar suas tristezas ou sentir suas dores. Você é o arquiteto da sua própria vida e de cada passo que dá em seu caminhar. Portanto, a primeira lei que deve ter em mente para praticar o desapego é tomar consciência de que você é totalmente responsável por si mesmo. Não responsabilize os outros pela sua felicidade. Não imagine que para ser feliz é necessário encontrar o parceiro ideal ou ter o reconhecimento de toda sua família.

Se a opinião dos outros é a sua medida de satisfação e felicidade, você não vai conseguir nada além de sofrimento. Raramente os outros suprirão as nossas necessidades. Cultive sua própria felicidade, seja responsável, maduro, conscientize-se das suas escolhas e consequências e nunca deixe que seu bem-estar dependa da opinião alheia.

2 – Lei do desapego: Viva no presente, aceite e assuma a sua realidade

Muitas vezes, não conseguimos aceitar que nesta vida nada é eterno, nada permanece sempre igual; tudo flui e retoma seu caminho. Muitas pessoas estão sempre focadas no que aconteceu no passado, e isso se torna um fardo pesado que carregamos no presente. Mesmo que seja doloroso, aceite, assuma o passado e aprenda a perdoar. Isso o fará se sentir mais livre e o ajudará a se concentrar no que realmente importa: “o aqui e agora”. Liberte-se!

3 – Lei do desapego: Liberte-se e permita que os outros também sejam livres

“Assuma que a liberdade é a forma mais plena, íntegra e saudável de aproveitar e compreender a vida em toda a sua imensidão”

Ser livre não nos impede de criar vínculos com os outros. Criar vínculos, amar e ser amado, fazem parte do nosso crescimento pessoal. O desapego significa que você nunca deve assumir a responsabilidade pela vida dos outros, que eles não podem lhe impor seus princípios e nem tentar prendê-lo. É assim que surgem os problemas de relacionamento e o sofrimento.

Os apegos exagerados nunca são saudáveis. Temos como exemplo aqueles pais obcecados por proteger os filhos, que os impedem de crescer e avançar com confiança para explorar o mundo. A necessidade de desapegar-se é fundamental nesses casos; cada um um deve sair dos seus limites de segurança para enfrentar o imprevisto e o desconhecido.

4 – Lei do desapego: As perdas irão acontecer mais cedo ou mais tarde

Devemos aceitar que, nesta vida, nada dura para sempre. A vida, os relacionamentos e até os bens materiais acabam desaparecendo como fumaça, escapando por uma janela aberta ou deslizando através dos nossos dedos.

As pessoas vão embora, as crianças crescem, alguns amigos somem e perdemos alguns amores… Tudo isso faz parte do desapego. Temos que aprender que isso é normal e enfrentar essa situação com tranquilidade e coragem.

O que nunca pode mudar é a sua capacidade de amar. Comece sempre por você mesmo.

Fonte: A Mente é Maravilhosa

14 abril 2016

Adolescência , Idade Crítica? Crise de Identidade - 14/04/2016





ADOLESCÊNCIA, IDADE CRÍTICA? CRISE DE IDENTIDADE

Na adolescência, a conquista da identidade é muito relevante e relativamente complexa.
Fase de mudanças sob todos os aspectos, ao jovem parece confuso distinguir qual, quem ou como é o verdadeiro eu. Igualmente, diante de tantos papéis a desempenhar na sociedade, é por ele iniciada uma busca na tentativa de encontrar a sua identidade no conjunto, aquela que melhor se ajuste à sua escala de conceitos. A identidade é o resultado dos valores que facultam a percepção do eu, separado e diferente de todos os demais, que esteja em equilíbrio e continue integrado, permanecendo, através dos tempos, como sendo o mesmo, podendo ser conhecido pelas demais pessoas e descobrindo como os outros são, o que constitui senso global de caracterização do ego.

Quaisquer influências que prejudiquem esta autopercepção geram confusão de identidade, problemas para conseguir a participação, a integração e o prosseguimento da construção da auto-imagem. O conceito de identidade varia de povo para povo, diferindo muito o dos orientais em relação aos ocidentais, em razão das diferentes culturas e heranças históricas. Em todas elas, no entanto, a pessoa deve perceber-se consistente, distinta, e até certo ponto independente das demais. No período da adolescência essa busca se torna afugente, porque o jovem se preocupa muito com a aparência, em relação ao que os outros pensam, de certo modo rompendo com o passado e definindo os rumos do futuro. Surgem, então, as identidades individual e  ou coletiva. A depender do estado psicológico do adolescente, ele pode destacar-se, surgindo com os seus caracteres próprios, ou perder-se no grupo, identificando-se com a maneira massiva de apresentação, normalmente como rebeldia contra o status. 

Para conseguir a sua identidade individual, pessoal, o jovem depende muito das suas possibilidades cognitivas, que lhe apresentam os recursos de diferenciação dos demais e lhe oferecem as resistências para empreender a tarefa de fixação desses valores num todo harmônico, desenvolvendo os seus comprometimentos pessoais, sexuais, ocupacionais, culturais, etc. Há, naturalmente, muitos impedimentos para que esse fenômeno aconteça com o êxito que será de desejar. Um deles é a interrupção do processo de construção da identidade, que pode acontecer de forma a definir, prematuramente, a auto-imagem, que irá perturbar a caracterização de outros valores e recursos que trabalham pela autodefinição, pela auto-realização. A sua escala de compreensão é deficiente e se estrutura na maneira pela qual os outros o vêm, permitindo-se ceder ante pressões, tornando-se assim pessoa- espelho, a refletir outras imagens que não o seu próprio si. Quase sempre, o jovem que sofre esse tipo de impedimento, encontra nos pais, especialmente no genitor, quando do sexo masculino e, na mãe, quando do sexo feminino, uma identificação muito forte que o impede de ser livre, não sabendo responder adequadamente quando confrontado com deveres desafiadores, atividades exigentes e comportamentos inesperados.

Outros, também confrontados com os problemas e desafios das mudanças que neles se operam, perdem o senso de identidade, não se libertando das vinculações anteriores, não conseguindo encontrar-se, ou desligando-se da família, do grupo social, do país, e sendo vítima de uma adaptação enferma, que se prolonga indefinidamente, sem capacidade para relacionamentos duradouros, para atitudes normais, para as expressões de lealdade e de afeição. Muitas vezes, esse conflito, essa dificuldade de identificação, pode oferecer maior maturidade ao jovem, no futuro, porque trabalha em favor da sua seleção de valores e de conteúdos, adquirindo maior capacidade criativa, melhor maneira de elaborar idéias e de caracterizar definições, do que os outros que precipitadamente se firmaram em determinados quesitos que elegeram como forma de identidade. Os jovens, igualmente experimentam dificuldade em estabelecer os padrões que a constituem, e esses variam muito de acordo com os relacionamentos domésticos — valores religiosos, familiares, sociais, econômicos — culturais e subculturais e mesmo as constantes mudanças sociais, que trabalham conteúdos diferentes.

Alguma confusão, portanto, nesse período, pode redundar saudável para a formação da identidade do adolescente, sem o exagero de um transtorno prolongado. Outro fator que merece análise é o da identidade sexual. Há jovens que logo definem e aceitam a sua natureza essencial, masculina ou feminina. Nessa oportunidade surgem os conflitos mais fortes do transexualismo e do homossexualismo, alguns deles como resultado de fatores genéticos, trabalhados pelo Espírito na constituição do corpo através da reencarnação, que se utilizou do perispírito para a modelagem da forma orgânica, outros como efeito da conduta familiar ou social, e, outros mais, ainda, pela necessidade de ser trabalhada a sexualidade como diretriz preponderante para a aquisição de recursos mais elevados e difíceis de serem conquistados.

Quando essa identidade sexual é prematura, o adolescente sofre de um efeito apenas biológico, sem preparação psicológica para o comportamento algo estressante. Quando atrasada, reações igualmente psicológicas podem levar a uma hostilidade ao próprio corpo como ao dos outros. A identificação sexual do indivíduo equilibrado faz-se definir quando se harmonizam a expressão biológica —anatômica — com a psicológica, expressando-se de forma natural e progressiva, sem os choques da incerteza ou da incapacidade comportamental diante da realidade do fenômeno sexual. Uma identidade amadurecida faculta-lhe uma boa dose de auto-estima, de tolerância em relação às demais pessoas, de afetividade sem prejuízos emocionais, de comportamento sem estereótipo, de lucidez que facilita enfrentar desafios com naturalidade.

Assim, a adolescência é uma idade crítica, no que diz respeito ao processo de adaptação e definição de conceito, de comportamento, de realidade. Para o adolescente, o mundo parece hostil, agressivo, com padrões difíceis de ser alcançados, e que o ameaçam. Sentindo-se diferente das demais pessoas, luta, interiormente, para reconhecer como agir e quais os recursos de que dispõe, para colocar a serviço da sua realização pessoal. Por outro lado, muitas culturas consideram o jovem como um rebelde, egoísta, agressivo, equipando-se de conceitos que exigem do jovem submissão e dependência, dificultando-lhe o acesso a oportunidades de trabalho, de criação, de realização pessoal, porque ainda não está definido, nem possui experiência... Convenha-se que experiência é resultado da habilidade adquirida mediante o desempenho do trabalho, e somente será conseguida se for facultada a oportunidade de realização. Esse choque entre o velho e o novo constitui desafio para ambos se afinarem, adaptando-se o jovem ao contexto social, sem abdicação dos seus valores, como também da inútil luta agressiva contra o que depara, porém trabalhando para a mudança dos paradigmas; e ao adulto cabe a aceitação de que a vida é uma constante renovação e ininterrupta mudança, rica de transformação de conceitos que avançam para o sentido ético elevado e libertador, no qual as criaturas se encontrarão felizes e unidas.

Divaldo Franco – J.A

30 março 2016

Problemas Existenciais - 30/03/2016




O inter-relacionamento pessoal nos tempos modernos constitui um grande desafio para a criatura humana, que se vê empurrada para o individualismo, em razão dos muitos problemas e conflitos que lhe são impostos.

Graças à Internet e às facilidades de comunicação via satélite, à comodidade de manter convivência com outras pessoas sem sair do lar, de terem simplificadas as atividades de compras, vendas e recreações virtuais, em razão do receio pela violência urbana e pela criminalidade que se expandem em todas as direções, o refúgio doméstico abre as portas para um sem número de ações que preservam as conveniências pessoais e diminuem os riscos que ameaçam o indivíduo.

Não obstante, a necessidade do convívio mais próximo, do contato físico e enriquecedor, permitem que pessoas sensíveis afeiçoem-se umas às outras sem o encontro direto, o que também apresenta graves perigos para os relacionamentos, em razão da presença de criminosos e desajustados nesses veículos, que deles se utilizam para ficarem navegando em busca de pessoas ingénuos e tímidas, despreparadas para esse tipo de companheirismo.

Ademais, a venda desonesta de produtos de todo tipo, a possibilidade de enriquecimento ilícito e aventureiro, a facilidade de exibir paixões soezes que expõem a pornografia e o erotismo através dos macabros mecanismos da obscenidade e do horror, atraem desprevenidos e insensatos às suas armadilhas, tornando esses instrumentos portadores de graves e imprevisíveis riscos para todos aqueles que os utilizam, sem o discernimento necessário para os enfrentamentos.

Além disso, a facilidade de adquirir cultura e penetrar em museus, bibliotecas e universidades, de intercâmbio com outros grupos espalhados por todo o mundo, afasta inexoravelmente as pessoas da comunicação doméstica, gerando irritabilidade quando os fenômenos normais do lar parecem impedir o isolamento, a fuga para o espairecimento, a necessidade da visita e do convívio virtual.
É inestimável o valor desses modernos instrumentos de comunicação individual e de massa que, por outro lado, trabalham uma sociedade global, sem as diferenças que compõem a harmonia, encarregada de apresentar programas que situam todos no mesmo nível de comportamento, ao tempo em que a divulgação rápida das tragédias e crimes, dos escândalos e destruições, dão a falsa ideia que a vida perdeu o seu significado e que todos se encontram sob a espada do destino implacável, ameaçando cair e ceifar todas as vidas.

As informações são sempre rápidas e devoradoras, porque outras aguardam oportunidade, quase nunca sendo aprofundados os temas apresentados nas televisões e Internet, ou quando aparecem neste último veículo, fazem-se tão complexos e volumosos, que somente raros aplicam-se a investigá-los. Como conseqüência, empalidecem as esperanças de uma sociedade mais fraternal e de uma convivência humana mais responsável.

As pessoas evitam-se na presença uma das outras, para se buscarem através dos veículos frios e insensíveis de comunicação artificial. Vives momentos difíceis nos teus relacionamentos domésticos. A irritação toma conta da tua conduta e sentes que as afeições, que antes te exornavam o Espírito, não passam de cansaço e aborrecimento. As pessoas se te parecem estranhas ou desagradáveis, egoístas ou indiferentes aos teus problemas.

A falta de conversação harmônica, em razão da bulha no lar, produzida pela televisão e pelo rádio, convocando cada membro da família a um interesse pessoal distante do coletivo, tem sido responsável pela tua fuga para o pessimismo e o desinteresse de trocar opiniões, discutir temas edificantes e conviver agradavelmente. Questões de pequena monta, que um pouco de atenção e de diálogo franco poderiam resolver, avolumam-se e se tornam motivo de afastamento dentro de casa, produzindo muralhas entre as pessoas.

Desamados, os filhos procuram convivências mais compatíveis com a sua necessidade de afirmação, quase sempre tombando em mãos violentas ou criminosas, que os levam ao álcool, ao tabaco, às drogas, ao sexo irresponsável... A família se destrói e é acusada de irresponsável, como se fosse uma instituição que a si mesma se constrói, e não o resultado do grupamento de pessoas que a formam.

O que antes era decidido no lar, no conselho familiar, agora é transferido para profissionais especializados, encarregados de dirimir problemas e estudar dificuldades, sem um conhecimento profundo de cada caso, exceto pelo que lhe é relatado com a quota de emoção e de paixão do narrador, igualmente preocupados com os próprios problemas e com os lucros que lhe podem resultar do trabalho a que se dedicam.

A sabedoria da convivência doméstica foi substituída pela argúcia e habilidade de outras pessoas que se transformam em conselheiras das causas alheias, que sempre procuram fórmulas fáceis ou soluções apressadas, sugerindo, não poucas vezes, condutas extemporâneas, que deixam dilacerados os sentimentos dos seus companheiros ou familiares.

Torna-se urgente e necessário o retorno ao ninho doméstico em condições vivas e emocionais, sem o patrulhamento dos modernos instrumentos da telecomunicação, muito preciosos, porém com os limites e perigos de que se revestem. Nada mais positivo do que o contato direto, pessoal, rico de emoções, que muitas vezes também se transforma em problema e perigo nas relações. No entanto, o afastamento das pessoas, uma das outras, a busca romântica e sonhadora de seres especiais, angélicos ou nobres, tem gerado dramas existenciais muito graves para os indivíduos, assim como para a sociedade como um todo.

Convive pessoalmente com as demais criaturas, sentindo-as de perto, inter-relacionando-te com estima e confiança, oferecendo crédito de bondade para com elas. Necessitas de amigos próximos, fisicamente presentes, que te conheçam e a quem conheças. Eles também necessitam de ti. Trata-se de um intercâmbio vigoroso e humano, espiritual e atuante.

Diante dos problemas existenciais que te assaltam, recolhe-te à meditação, busca o Evangelho e reflete nas suas lições, tomando as atitudes que não perturbem o teu próximo e nem a ti mesmo aflijam. Quando se ora e se procura a melhor resposta, ela sempre chega, emergindo do inconsciente, inspirada pelos Bons Espíritos ou resultante dos sentimentos bons que a elaboram. Não te transfiras de um para outro problema, sem os resolver com serenidade, evitando ouvir todas as pessoas que se te acercam e a quem pedes conselhos e orientações.
Se não conhecerem a profundidade dos teus desafios existenciais, menos identificações possuem aqueles que não estão envolvidos.

Assim, aprende a pensar antes de agir, para que o faças corretamente. E se buscares a ajuda de um profissional nessa área, reflexiona em torno da sua opinião e diretriz, evitando seguir a sua orientação apenas porque se trata de uma pessoa que reconheces como capacitada.

Em qualquer situação, busca Jesus e Sua inspiração, e não te faltarão os recursos para tornar mais amena e feliz a tua existência.

 Problemas Existenciais, escrita em Paris, França, no dia 8 de junho de 2001.





29 março 2016

Irmão da Natureza - S. Francisco de Assis - 29/03/2016




Falando a S. Francisco de Assis

Enquanto a sociedade estertorava nas guerras cruentas de dominação de povos e vidas, sentiste a necessidade de lutar pela Pátria, evitando o abuso daqueles que consideravam com o direito a escravizar os seus irmãos. Não compreendendo a luta que deverias travar, pensaste que as glórias antevistas em sonho referiam-se aos tesouros terrestres, e para melhor compreenderes o amor do Cristo, marchaste para a defesa dos fracos, pensando em servir a Deus e ao país.

Nascido para a paz, jamais poderias combater com armas destruidoras, e por isso tombaste prisioneiro dos hábeis verdugos, que te encarceraram e te fizeram sofrer. Humilhado e enfermo, retornaste ao lar, quando foste visitado pelo Amigo-Amor que te convocou para diferente luta, cujas armas seriam a mansidão, a renúncia, o sacrifício.

Eras jovem e sonhador, trovador das noites estreladas e amigo da ilusão. No entanto, possuías uma tristeza invencível que nada conseguia diminuir. Dissimulavas a melancolia com a jovialidade, mas sabias que a tua vida não te pertencia, embora não entendesses a solidão interior que te macerava, preparando-te para a soledade entre todos pelo resto da tua existência. Mas quando ouviste o chamado do Cantor da misericórdia, todo o teu ser tremeu de emoção e perdeste o interesse pela existência convencional.

Começaste o despojamento, liberando-te das coisas, para poderes libertar-te de ti mesmo, a fim de te entregares a Ele por inteiro. Os teus não te compreenderam, mas os leprosos de Rivotorto te receberam as doações de pão, de paz, de carinho com lágrimas que os olhos da alma vertiam em abundância, na decomposição em que se consumiam. Mais tarde, outros solitários vieram unir-se à tua soledade, a fim de formarem o rebanho submisso ao cajado do Pastor. Ignorando a teologia, sabias o Evangelho na sua integral pureza, sem disfarces nem dissimulações, e saíste a vivê-lo, enquanto o pregavas com palavras simples e atos de coragem incomum.

Transformaste as noites festivas de cantos e banquetes em um perene poema de beleza, enaltecendo os irmãos Sol, Lua, Chuva, Pássaros, Lobo, Neve, enquanto o mundo de então te espreitava com desconfiança e desinteresse. Mas, o teu exemplo de abnegação continuo sensibilizando outros corações ansiosos de vida nova, que te passaram a acompanhar pelas estradas da Úmbria, albergando-se na Porciúncula modesta e desprovida de tudo, menos da ternura.

Quando menos esperaste, havia multidões que se comprimiam para ouvir as tuas canções de esperança e caridade, tocadas pela tua presença e a dos teus cancioneiros, tão desprotegidos como tu mesmo, no entanto amparados pelo Sublime Cantor. Irmão Francisco! Canta outra vez para nós o teu poema de amor, nestes calamitosos dias que vivemos! As noites da Terra já não são ricas de cações, mas de expectativas dolorosas. Os grupos juvenis raramente se reúnem para sorrir ou para os folguedos inocentes, e sim para a embriaguez alcoólica ou o envenenamento por drogas alucinantes. O enamoramento que procede à união dos corpos foi sucedido pela volúpia do sexo em desalinho e a posterior dilaceração dos sentimentos face ao abandono e às suas conseqüências perversas.


O relacionamento fraternal tem sido transformado em gangues violentas que se arremetem umas contra as outras em fúria desconhecida. A literatura gentil e cavalheiresca cede lugar à pornografia desabrida e às narrações de funestos acontecimentos. A música romântica transformou-se em vulcão de ruídos metálicos que induzem à loucura e à bestialidade. A poesia perdeu a inocência e a beleza, passando às arremeti-das de palavras sem nexo ou construções de palavras sem ritmo, sem rima, sem mensagem. É certo que ainda permanecem em alguns grupos o sentimento de amor, de fraternidade, de beleza e de harmonia, afirmando que nem tudo está perdido na grande noite adornada de ciência e de tecnologia, na qual as almas estorcegam sob os camartelos do sofrimento. Existe muito conforto para uns e nenhum para outros. Aliás, também nos teus dias era assim, razão porque preferistes os últimos, oferecendo-lhes carinho por faltarem outros recursos.

O progresso facilitou o intercâmbio entre as criaturas e propiciou o desenvolvimento da criminalidade e do ódio. Há grandeza, sim, na arte e no pensamento, na cultura e no sentimento, porém, a fé empalideceu e agoniza ante a predominância do comportamento hedonista que se espalha por toda a parte. O firmamento está cortado a cada momento por grandiosas naves conduzindo milhões de indivíduos de um para outro lado, com todo luxo e facilidade. Todavia, milhares de ogivas nucleares carregadas de bombas de alta destruição aguardam o simples movimento para dispararem suas cargas terríveis de desagregação de tudo.

Nesse pandemônio de alegrias e pavor, de riquezas e misérias, de esperanças e desencantos, há milhões de pessoas anelando por conhecer-te ou reencontrar-te, a fim de que a tua canção, Irmão da Natureza, as reconduza a Jesus a quem tanto amas! Volta novamente à Terra, Trovador de Deus, para que tua pobreza inunde de poder todos aqueles que acreditam na força de não ter nada, nas infinitas possibilidades da não-violência e no infinito amor do Pai!

Irmão Francisco: O teu irmão lobo transformou-se no monstro devastador de drogas que consomem a juventude, em especial, e a outros indivíduos, em particular. As lutas de cidades, umas contra as outras, ainda continuam e agora mais graves, na violência urbana. A poluição química da atmosfera, que ameaça a Terra, filha daquela de natureza mental e moral, lentamente destrói a Irmã Natureza que tanto amas. Homens dominadores e perversos ameaçam-se ainda através da política escravizadora das moedas que subjugam os povos que não têm voz no concerto das Nações poderosas. As vozes que proclamam a paz estão muito comprometidas com a guerra.

O mundo de hoje aguarda o retorno da tua Canção, pobrezinho de Deus, porque ela impregna as vidas com ternura, amor e paz. Iremos fazer um grande silêncio interior, preparar os caminhos e aguardar que tu chegues, simples e nobre como o lírio do campo, bom e doce como o mel silvestre, amigo e irmão como o Sol, para que tua voz nos reconduza de volta ao rebanho que te segue e levas ao Irmão Liberdade, que é Jesus.

Mensagem Irmão da Natureza, escrita em Assis, Itália, no dia 27 de maio de 2001.